TRATAMENTO DE ÁGUA

A Tecnipar Ambiental possui soluções que oferecem água potável através da combinação de diversas tecnologias que ajudam reduzir o número de pessoas que sofrem com a falta de água (por escassez ou por baixa qualidade).

As Estações de Tratamento de Água Tecnipar Ambiental são capazes de atender a pequenas comunidades, residências, condomínios, indústrias e demandas governamentais. A Tecnipar Ambiental projeta as soluções em parceria com a VIGAflow, empresa chilena com mais de 17 anos de mercado, líder na indústria de tratamento de água com foco em filtração, dessanilização e reúso. A aliança internacional garante a aplicação das melhores tecnologias disponíveis para alcançar a qualidade e a quantidade de água que cada cliente necessita, com o menor impacto para o meio ambiente.

ETA Osmose Reversa

Utilizando o processo de Osmose Reversa, através de membranas semipermeáveis, o sal é retirado da água salobra, tornando-a própria não só para o consumo humano, mas também viabilizando atividades econômicas.

O sistema é automático, não sendo necessária intervenção manual para controle da água e dosagem de anti-incrustante.

ETA Ultrafiltração

A Estação de Tratamento de Água Ultrafiltração é composta por uma membrana que oferece uma barreira física capaz de reter vírus e bactérias presentes na água e torná-la própria para o consumo humano e aplicação em soluções industriais.

A água captada passa por um pré-tratamento para remoção de sólidos grosseiros e em suspensão. Em seguida, a água é filtrada em membranas de ultrafiltração, nas quais patógenos e sólidos em suspensão são retidos. Ao longo do tempo, o sistema deve ser retrolavado para garantir sua máxima eficiência.

ETA Zeólita

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Zeólita Tecnipar Ambiental é uma solução para tornar água de poços e rios adequada ao consumo humano, segundo a portaria do Ministério da Saúde MS 2914/2011. A zeólita é um mineral de estrutura porosa capaz de reter fisicamente partículas suspensas, e remover turbidez, ferro e manganês residuais.

A operação da ETA Zeólita é totalmente automática durante 24 horas por dia, ou seja, dispensa operador para seu funcionamento, inclusive para a operação de retrolavagem.

ETA Chuva

A ETA Chuva Tecnipar coleta e trata a água da chuva que cai sobre o telhado, gerando economia e possibilitando a sua utilização de acordo com a norma NBR 15527/07 e com a segurança necessária.

O reaproveitamento da água de chuva pode ser utilizado para fins não potáveis, como limpeza de pisos, rega de jardins, descarga de bacias sanitárias e processos industriais.

ETA Osmose Reversa

Utilizando o processo de Osmose Reversa, através de membranas semipermeáveis, o sal é retirado da água salobra, tornando-a própria não só para o consumo humano, mas também viabilizando atividades econômicas.

O sistema é automático, não sendo necessária intervenção manual para controle da água e dosagem de anti-incrustante.

ETA Ultrafiltração

A Estação de Tratamento de Água Ultrafiltração é composta por uma membrana que oferece uma barreira física capaz de reter vírus e bactérias presentes na água e torná-la própria para o consumo humano e aplicação em soluções industriais.

A água captada passa por um pré-tratamento para remoção de sólidos grosseiros e em suspensão. Em seguida, a água é filtrada em membranas de ultrafiltração, nas quais patógenos e sólidos em suspensão são retidos. Ao longo do tempo, o sistema deve ser retrolavado para garantir sua máxima eficiência.

ETA Zeólita

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Zeólita Tecnipar Ambiental é uma solução para tornar água de poços e rios adequada ao consumo humano, segundo a portaria do Ministério da Saúde MS 2914/2011. A zeólita é um mineral de estrutura porosa capaz de reter fisicamente partículas suspensas, e remover turbidez, ferro e manganês residuais.

A operação da ETA Zeólita é totalmente automática durante 24 horas por dia, ou seja, dispensa operador para seu funcionamento, inclusive para a operação de retrolavagem.

ETA Chuva

A ETA Chuva Tecnipar coleta e trata a água da chuva que cai sobre o telhado, gerando economia e possibilitando a sua utilização de acordo com a norma NBR 15527/07 e com a segurança necessária.

O reaproveitamento da água de chuva pode ser utilizado para fins não potáveis, como limpeza de pisos, rega de jardins, descarga de bacias sanitárias e processos industriais.